Notícias
Jurídico
26 de Março de 2019
Tamanho da letra Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir
Justiça determina que Mega Sistemas Corporativos desconte as contribuições ao Sindpd em folha de pagamento
Sentença é do Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região, em Itu, e atendeu a pedido do Sindicato, uma vez que a empresa se recusava a fazer os descontos como manda a Constituição Federal



A Mega Sistemas Corporativos S/A deve descontar em folha de pagamento as contribuições de seus funcionários ao Sindpd. Esta é a decisão do juiz Thiago Henrique Ament, da Vara do Trabalho de Itu, que pertence ao Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região.

A ação movida pelo Sindicato argumentava que a empresa fazia interpretação ampliada da Medida Provisória 873/2019, que muda a forma da cobrança da contribuição sindical. Segundo Thiago Ament, "encontram-se presentes os requisitos legais para a concessão da tutela provisória pretendida: a probabilidade do direito e o perigo do dano ou o risco do resultado útil do processo, nos termos do artigo 300 do CPC".

O juiz argumenta que a MP, ao alterar o artigo 582 da CLT, "viola o disposto no inciso IV do artigo 8ª da CF de 1988, exsurgindo daí o fumus boni iuris, uma vez que se trata de norma constitucional de eficácia plena, não restringível por meio de lei ou medida provisória, a prevalecer em face do conflito de regras em questão".

Leia também:

Justiça obriga TOTVS a recolher as contribuições ao Sindpd em folha de pagamento

Liminar obriga Serpro a manter desconto da contribuição sindical em folha

Tal argumento se consolida na comparação que Ament faz entre o trecho da Medida Provisória referente à mudança da cobrança para boleto bancário e o que determina o artigo 8º da Constituição Federal: "(...) A assembleia geral fixará a contribuição que, em se tratando de categoria profissional, será descontada em folha (...)".

Na decisão, o juiz da Vara do Trabalho de Itu destaca ainda que a alteração na cobrança acarretará em elevados custos ao Sindpd e "lhe atribuirá o ônus de se aparelhar, de súbito, a forma de viabilizar a arrecadação via boleto bancário".

Desta forma, o juiz Thiago Henrique Ament suspendeu os efeitos do artigo 582 da CLT, alterado pela MP 873/2019, e determinou à Mega Sistemas Corporativos "que se abstenha de suprimir da folha de pagamento" o desconto das contribuições ao Sindicato.

Leia a íntegra da decisão

Compartilhe

LEIA TAMBÉM
Conheça o Sindpd Digital
Conheça o Sindpd Digital

O Sindpd está no Instagram
O Sindpd está no Instagram
POR QUE SE FILIAR?
PESQUISAR BENEFÍCIO

Área ou segmento


Tipo

Categoria

Cidade



Buscar
Reservas de colônias


NOTÍCIAS MAIS...

Colônia de Férias
Facebook do Neto

Últimas do Convergência Digital


Últimas do IDG NOW


Zap Neto
Zap Neto

CSB Zap
CSB Zap
Homenagens - mulher
Homenagens - 75

HOMENAGENS
HOMENAGENS

FGTS
FGTS