Notícias
Notícias
28 de Junho de 2019
Tamanho da letra Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir
MP 873 caduca, e contribuição sindical volta a ser descontada em folha de pagamento
Segundo presidente Antonio Neto, as assembleias são o instrumento capaz e necessário para definir as contribuições



Publicada no dia 1º de março, a Medida Provisória 873 determinava que a contribuição sindical, até então descontada diretamente da folha de pagamento, deveria ser cobrada via boleto bancário. Nesta sexta-feira (28) a MP caducou, uma vez que não foi analisada pela Câmara dos Deputados e nem pelo Senado. Desta forma, as contribuições voltam a ser descontadas em folha pelos empregadores.

Desde a sua edição, a Medida foi questionada por várias entidades. O Ministério Público do Trabalho divulgou nota em maio criticando os principais pontos da MP 873, assinada por Jair Bolsonaro. No documento, os procuradores do Trabalho João Hilário Valentim e Alberto Emiliano de Oliveira Neto, coordenador nacional e vice, respectivamente, da Coordenadoria Nacional de Promoção da Liberdade Sindical, afirmam que a Medida Provisória "atenta contra a autonomia privada coletiva, a liberdade sindical e à livre negociação".

A Ordem dos Advogados do Brasil também divulgou documento classificando a Medida como inconstitucional. Assinada por Marcus Vinicius Furtado Coêlho, o documento aponta que "as modificações introduzidas pela referida MP incorrem em vícios de inconstitucionalidade formais e materiais", além de não ter preenchido a presunção de relevância e urgência, estabelecida pelo art. 62 da Constituição.

O presidente da CSB e do Sindpd, Antonio Neto, afirmou que a perda de validade da Medida Provisória vai ao encontro da legalidade. "A edição dessa MP seguramente visou fechar muitos sindicatos no Brasil. Ela deixa claro, sob o aspecto da lei que alterou a legislação trabalhista, que a nossa tese estava correta e as contribuições podem e devem ser definidas em assembleias, dentro das convenções coletivas. Essas assembleias têm o poder de reger as contribuições estabelecidas nas convenções, que também reúnem uma gama de benefícios, como reajuste, PLR, auxílio-alimentação, entre outros", disse o dirigente.

Ao longo da tramitação da Medida, a CSB construiu uma página especial com notícias, pareceres e decisões judiciais contrárias à proposta do governo.

Central de informações e decisões judiciais sobre a Medida Provisória 873/2019

Fonte: CSB

Compartilhe

LEIA TAMBÉM
Conheça o Sindpd Digital
Conheça o Sindpd Digital

O Sindpd está no Instagram
O Sindpd está no Instagram
POR QUE SE FILIAR?
PESQUISAR BENEFÍCIO

Área ou segmento


Tipo

Categoria

Cidade



Buscar
Reservas de colônias


NOTÍCIAS MAIS...

Colônia de Férias
Facebook do Neto

Últimas do Convergência Digital


Últimas do IDG NOW


Zap Neto
Zap Neto

CSB Zap
CSB Zap
Homenagens - mulher
Homenagens - 75

HOMENAGENS
HOMENAGENS

FGTS
FGTS