Notícias
Notícias
WhatsApp
07 de Junho de 2022
Tamanho da letra Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir
ONU: reformas produziram miséria e concentração de renda absurda no Brasil


Em discurso na Conferência Internacional do Trabalho (CIT), Antonio Neto, presidente licenciado do SINDPD, denunciou as condições precárias em que a força de trabalho no Brasil se encontra, fruto de políticas neoliberais aplicadas através das reformas trabalhista e previdenciária.

A denúncia de Neto se estendeu à atuação do Governo, que segue na retirada de direitos de trabalhadores, enfraquecimento de negociações coletivas e desmonte da Previdência.

"Como resultado destas políticas, quase 70% da força de trabalho está no desalento, no desemprego ou na informalidade, e extrema concentração de renda assola o país."

Neto defendeu ainda a urgência da aplicação de um Projeto Nacional de Desenvolvimento baseado nas melhores práticas internacionais para reverter o quadro de desigualdade e miséria em que vivemos atualmente.

"Governos que prometeram estabilidade, entregaram miséria e uma absurda concentração de renda." completou Neto

A CIT, também chamada de parlamento mundial do trabalho, é o maior encontro internacional da área. Participam do evento representantes de governos, empregadores e trabalhadores dos 187 estados membros da OIT (Organização Internacional do Trabalho).

Compartilhe

WhatsApp
LEIA TAMBÉM