Notícias
Notícias
30 de Julho de 2021
Tamanho da letra Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir
Sindpd participa de doação para Campanha Salve seus Dados, da Dataprev e Serpro
A doação realizada será de 50% do valor que o sindicato receber, relativo à taxa negocial da PLR 2020 dos empregados da Dataprev



O Sindpd irá participar de doação para a Campanha Salve seus Dados, criada por empregados voluntários das empresas públicas de tecnologia do Brasil, a Dataprev e Serpro, e gerenciada pela ANED - Associação Nacional dos Empregados.

A doação realizada será de 50% do valor que o Sindpd receber, relativo à taxa negocial da PLR 2020 dos empregados da Dataprev.

A Campanha Salve seus Dados é um projeto que busca lutar pela proteção dos brasileiros e pela defesa da não privatização da empresa. Segundo as informações oficiais da campanha, o objetivo é "alertar que a Receita Federal, o INSS, o SUS, a PGFN, os órgãos de defesa e outras áreas do governo federal possuem dados sensíveis de toda a população brasileira e de empresas, e que a desestatização da Dataprev e do Serpro põem em risco essas informações".

"O Sindpd sempre esteve na linha de frente contra a entrega do Patrimônio Público Nacional. A privatização das estatais responsáveis pelos dados da nossa população é grave, é um atentado a nossa Soberania Nacional. Por esse motivo, o Sindpd se soma a campanha ?Salve Seus Dados?", comenta Antonio Neto, presidente do Sindpd.

A campanha busca garantir a democracia e direitos dos brasileiros e brasileiras, além da soberania do Estado. Isso porque as estatais detém uma gama de dados de cidadãos e empresas (como CPF, endereço, valor da renda, digital, questões judiciárias e etc), que são alvo de grande interesse de mercado, uma vez que podem ser facilmente utilizados para a geração de lucro de empresas, através de publicidade, redução de custos, descoberta de melhores clientes, análise de riscos, etc.

Além dos dados pessoais de cidadãos, o Dataprev e Serpro protegem os dados estratégicos do Estado brasileiro, como receitas, dívidas, reservas, sistemas de pagamentos, entre outras informações relevantes para a soberania nacional que são armazenadas pelas empresas.

Garantir a estatização é de suma importância para evitar uma série de riscos que afetariam diretamente serviços essenciais e direitos dos indivíduos, como por exemplo: suspensão de serviços devido a atrasos de pagamento; descontinuidade de serviços públicos; predomínio de interesses privados no controle dos serviços do Estado; aumento de custos para o Estado; armazenamento de folhas de pagamento, informações militares, policiais e benefícios previdenciários fora da estrutura estatal; encarecimento dos planos de saúde e negativa de ofertas de emprego devido ao uso indevido de informações; danos à competitividade das empresas; possível cobrança de serviços que hoje são gratuitos; perda da experiência acumulada pelos funcionários na prestação de serviços ao país e até mesmo diminuição da independência tecnológica do Brasil.




Compartilhe

LEIA TAMBÉM

ADESAO
ADESAO 50
FGTS
PESQUISAR BENEFÍCIO

Área ou segmento


Tipo

Categoria

Cidade



Buscar


NOTÍCIAS MAIS...

Crédito Simulado Paketá
Sindpd com VC: Associe-se ao Sindpd e conheça todos os benefícios

Últimas do Convergência Digital


Últimas do IDG NOW

Conheça o Sindpd Digital
Facebook do Neto

Zap Neto
Zap Neto

CSB Zap
CSB Zap
O Sindpd está no Instagram
Homenagens - mulher
Homenagens - 75

HOMENAGENS
HOMENAGENS

FGTS
FGTS