Notícias
Notícias
08 de Dezembro de 2020
Tamanho da letra Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir
Trabalhadores da BBTS decidem pela greve
A decisão foi tomada a partir de uma votação em assembleia virtual organizada pelos trabalhadores e pelo Sindpd. A paralisação será deflagrada a partir desta sexta-feira, dia 11/12



Após anos enfrentando questões como reajustes abaixo do índice de inflação e a gradativa retirada de direitos, os trabalhadores da Banco do Brasil Tecnologia e Serviços (BBTS) optaram pela greve, que será deflagrada a partir desta sexta-feira, dia 11/12.

A decisão foi tomada por meio de uma assembleia virtual, que foi organizada e contou com a presença tanto de profissionais da empresa quanto de lideranças do Sindpd. Durante o encontro foram debatidas as motivações para a paralisação.

O diretor Paulo Cesar de Almeida, comentou sobre a postura intransigente da empresa, que permanece firme na retirada de direitos e tem dificultado as negociações. "Entendemos que está faltando sensibilidade por parte da empresa. São dois anos seguidos com reajustes abaixo do índice de inflação".

Já o Organizador no Local de Trabalho (OLT) Enver Padovezzi reforçou que as reivindicações são plenamente acessíveis à empresa, visto que teve altos lucros recentemente. "Nós pedimos o básico, que é para manter os direitos que resistem em nossa convenção e também um reajuste que siga os índices de inflação. Ao mesmo tempo a empresa teve mais de 1 bilhão de faturamento neste ano. Dessa forma, podemos concluir que a empresa não garante os direitos por que não quer ", finalizou, Enver.

Compartilhe

LEIA TAMBÉM