Notícias
Campanha Salarial
04 de Abril de 2019
Tamanho da letra Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir
Tribunal apresenta proposta conciliatória para o dissídio coletivo 2019
Desembargador do TRT-2ª Região sugeriu reajuste de 3,43% nas cláusulas econômicas; PLR e homologações ficam garantidos à categoria



Na audiência do dissídio coletivo 2019, realizada nesta quinta-feira (04), no TRT, o desembargador Rafael Edson Pugliese Ribeiro apresentou a sugestão conciliatória do Tribunal Regional do Trabalho para as cláusulas sem acordo entre Sindpd e Seprosp na negociação salarial deste ano.

Na proposta, o desembargador sugere reajuste de 3,43% em todas as cláusulas econômicas - o que equivale a R$ 18,62 para o auxílio-refeição -, mantém a obrigatoriedade da homologação no Sindpd para os empregados que assim desejarem e da apresentação de proposta de PLR.

Além disso, as empresas que possuem funcionários que prestam serviço fora de suas sedes estão obrigadas a apresentar política de remuneração ou reembolso de viagens a serviço.

A pauta proposta pelo Tribunal será encaminhada ao Ministério Público para parecer em 8 dias. Em seguida, será destinada ao desembargador relator do processo para a decisão final.

O Sindpd divulgará a finalização do processo assim que o TRT se manifestar.

Leia a ata da audiência

Saiba mais

Campanha Salarial 2019 - cobertura completa

Compartilhe

LEIA TAMBÉM

Dataprev
Conheça o Sindpd Digital
O Sindpd está no Instagram
PESQUISAR BENEFÍCIO

Área ou segmento


Tipo

Categoria

Cidade



Buscar
Reservas de colônias


NOTÍCIAS MAIS...

Colônia de Férias

Últimas do Convergência Digital


Últimas do IDG NOW

Sindpd com VC: Associe-se ao Sindpd e conheça todos os benefícios
Facebook do Neto

Zap Neto
Zap Neto

CSB Zap
CSB Zap
Homenagens - mulher
Homenagens - 75

HOMENAGENS
HOMENAGENS

FGTS
FGTS