Notícias
Notícias
WhatsApp
19 de Maio de 2023
Tamanho da letra Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir
Com proposta vergonhosa, Stefanini quer pagar R$300 de PLR; Sindicato rejeita
Gerentes receberam PLR quase 100 vezes maior do que o oferecido aos trabalhadores



O Sindpd realizou a 2ª Plenária com os Trabalhadores da Stefanini na noite desta sexta-feira (19) para apresentar a proposta de PLR e a resposta da empresa aos pontos levantados pelo sindicato.

A empresa, que faturou R$6,2 bilhões em 2022, apresentou uma proposta de PLR para o ano de 2023 no valor de R$300 por trabalhador, caso a empresa atinja 18% de lucro líquido.

Anteriormente, o Sindpd denunciou que a Stefanini pagou, entre 2018 e 2023, PLR para gerentes e gestores com valores acima de R$30 mil. Ou seja, a empresa quer pagar uma PLR quase 100 vezes menor para os trabalhadores do que é pago aos gerentes.

O presidente do Sindpd considerou a proposta desrespeitosa e ultrajante. "A proposta é uma vergonha. Fizeram com o objetivo de procrastinar. Não resolverá. Vamos acionar a empresa na justiça e avaliar os próximos passos. Se houver alguém da empresa aqui na assembleia, fica o nosso recado: não vamos aceitar desrespeito!", afirmou o presidente do Sindpd, rechaçando a proposta.

A empresa negou o descumprimento do piso salarial da categoria, o uso de CLT flexível e reiterou que não pagará o auxílio teletrabalho para os trabalhadores no modelo híbrido.

Confira a ata completa da reunião


banner filie-se
Compartilhe

WhatsApp
LEIA TAMBÉM
Colonia PCDs vagas


PESQUISAR BENEFÍCIO

Área ou segmento


Tipo

Categoria

Cidade

BUSCAR


View this profile on Instagram

Sindpd (@sindpdsp) Instagram photos and videos



MAIS ACESSADAS
Clausula 53 Benefícios - Resumo reduz