Notícias
Notícias
WhatsApp
28 de Maio de 2024
Tamanho da letra Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir
Desenvolvedores são os profissionais mais buscados no mercado de TI
Entre as tecnologias mais requisitadas, por exemplo, destacam-se o Javascript e seus frameworks (React e Node.js), o Python e o uso do GitHub



Apesar do mercado de tecnologia continuar em expansão no Brasil, ainda existe um desafio difícil de contornar: a escassez de profissionais qualificados. Para se ter uma ideia, a Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom) revela que o país forma 46 mil alunos com habilidades tecnológicas por ano, enquanto a demanda anual por profissionais de TI já ultrapassa os 70 mil, com previsão de chegar a 420 mil profissionais necessários nos próximos três anos.

Essa realidade se reflete no dia a dia da Growyx, plataforma de gestão e recrutamento que conecta empresas a talentos de tecnologia. No último ano, a startup conduziu um levantamento para observar a alta demanda por profissionais em posições-chave, principalmente desenvolvedores back-end, full-stack e front-end.

LEIA: Governo prorroga inscrições de concurso público para 200 vagas de TI; salário de R$ 8.300

Para Yukio Yokota, cofundador e CRO da startup, o mercado de TI, por ser cada vez mais competitivo e dinâmico, exige habilidades excepcionais que, na prática, podem provocar uma lacuna na procura pelo talento perfeito.

"A TI está em constante evolução, colocando as empresas em busca de profissionais altamente flexíveis para lidar com projetos complexos, especialistas em comunicação efetiva com as equipes e com habilidades técnicas sólidas em sua carreira", afirma.

A pesquisa revelou diversas habilidades e competências procuradas pelos recrutadores. Entre as tecnologias mais requisitadas, por exemplo, destacam-se o Javascript e seus frameworks (React e Node.js), o Python e o uso do GitHub. Além disso, metodologias ágeis como Scrum, Agile e Kanban estão em alta demanda.

Soft Skills

No entanto, não são apenas as habilidades técnicas que importam. Soft skills como comunicação eficaz, capacidade de escuta ativa e adaptabilidade são consideradas essenciais para o sucesso no setor de TI, onde o trabalho em equipe e a resolução de problemas são constantes.

Além das posições mais buscadas, o mercado de TI também está aquecido em áreas como Engenharia de Software, Análise de Dados, Segurança da Informação e Cloud Computing, funções que desempenham um papel crucial na era digital em constante evolução.

Para Yokota, uma solução crucial é investir em dados e tecnologias que mapeiem os talentos disponíveis no mercado de acordo com as necessidades específicas de cada empresa. Por meio de sua plataforma, que oferece uma inteligência artificial (IA) especializada em matchmaking, a Growyx tem sido fundamental para ajudar as empresas a encontrar seus talentos em um mercado tão competitivo como o de TI.

"A IA tem o poder de facilitar o encontro entre empresas e profissionais de TI para agilizar o processo de recrutamento, economizar tempo e recursos e beneficiar os profissionais ao direcioná-los para oportunidades que correspondam às suas metas de carreira. Isso promove uma experiência ainda mais satisfatória e certeira para o ecossistema da tecnologia, contribuindo para impulsionar a inovação e o crescimento sustentável no setor", explica o CRO.

Sindpd oferece palestras gratuitas a empresa do setor

O Sindicato dos Trabalhadores em Tecnologia da Informação de São Paulo (Sindpd-SP) segue criando iniciativas que visam o desenvolvimento dos profissionais de TI do estado e auxiliam empresas do setor em criar um ambiente de trabalho mais agradável e produtivo. O sindicato irá promover palestras gratuitas sobre "soft skills" para empresas interessadas. (Saiba mais aqui)

As palestras serão ministradas por Maria Auxiliadora Camargo Marques, pedagoga, professora universitária, facilitadora e Life Coach Internacional do Método Louise Hay. As "soft skills" nada mais são do que "habilidades subjetivas", ou seja, relação interpessoal, criatividade, resiliência, pensamento crítico, autoconhecimento, entre outras.

A humanização das relações e nas interações interpessoais têm ganhado cada mais relevância no ambiente de trabalho. "Quando a gente consegue trabalhar o autoconhecimento, buscamos a humanização das relações e aprimoramos as qualidades intrínsecas, nossas qualidades que já estão no bojo, que fazem parte da nossa competência natural", aponta Maria Auxiliadora.

Nas palestras, a pedagoga irá compartilhar informações e métodos sobre comunicação estratégica, escrita eficaz, disciplina, foco, organização, flexibilidade, gestão de tempo, além de compartilhar formas de otimizar a qualidade do dia a dia no trabalho. O conteúdo tem como objetivo auxiliar as empresas e seus funcionários a se sentirem mais completos, desenvolvendo um bom clima organizacional.

As palestras também poderão ser acompanhadas por profissionais de Recursos Humanos (RH), que poderão se aprimorar nas questões relacionadas à saúde mental dos funcionários. As empresas interessadas devem encaminhar uma solicitação para o e-mail [email protected].

(Fonte: Direto Notícias)
(Foto: Reprodução/Getty Images/iStockphoto)


banner filie-se
Compartilhe

WhatsApp
LEIA TAMBÉM
Colonia PCDs vagas


PESQUISAR BENEFÍCIO

Área ou segmento


Tipo

Categoria

Cidade

BUSCAR


View this profile on Instagram

Sindpd (@sindpdsp) Instagram photos and videos



MAIS ACESSADAS
Clausula 53 Benefícios - Resumo reduz