Notícias
Notícias
WhatsApp
07 de Março de 2023
Tamanho da letra Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir
Semana da mulher: Participação das mulheres no mercado de TI ainda é baixa, mas juntos podemos mudar essa realidade
Apenas 24,3% dos profissionais em tecnologia da informação em SP são mulheres



A presença feminina no mercado de trabalho em tecnologia da informação vem crescendo nos últimos anos, mas ainda há muito a ser feito em relação à igualdade de gênero e representatividade nas empresas. Em SP, um dos principais estados brasileiros em tecnologia, a realidade não é diferente.

De acordo com dados do Observatório Digital de Oportunidades, apenas 24,3% dos profissionais em tecnologia da informação em SP são mulheres. O número é ainda mais baixo quando se trata de cargos de liderança, onde as mulheres ocupam apenas 18,1% das posições.

No entanto, é importante destacar que as mulheres que atuam na área de Tecnologia da Informação em São Paulo têm um perfil diverso e qualificado. Segundo o mesmo levantamento, as profissionais são predominantemente jovens, com média de idade de 30 anos, e possuem alto nível de escolaridade, sendo que 68% têm ensino superior completo e 21% têm pós-graduação.

As mulheres de TI têm experiência em diversas áreas, como desenvolvimento de software, análise de dados, suporte técnico e gestão de projetos. Elas também se destacam pela capacidade de trabalhar em equipe e pela habilidade de se adaptar rapidamente às mudanças tecnológicas.

Para aumentar a participação das mulheres no setor é fundamental que as empresas adotem políticas de igualdade de gênero e ofereçam oportunidades de desenvolvimento profissional para as profissionais da área. Além disso, é necessário incentivar a participação das mulheres na luta pela categoria.

O Sindicato dos Trabalhadores em Processamento de Dados e Tecnologia da Informação do Estado de São Paulo (Sindpd) tem um papel importante na defesa dos direitos dos trabalhadores da área de tecnologia da informação, incluindo a igualdade de gênero. A cláusula 30 da convenção coletiva de trabalho do Sindpd estabelece que as empresas devem adotar medidas para combater a discriminação de gênero e promover a igualdade entre homens e mulheres no ambiente de trabalho.

A participação das mulheres no Sindpd também é fundamental para que suas demandas sejam ouvidas e atendidas. Atualmente, 29% dos nossos filiados são mulheres. É necessário que mais mulheres se filiem ao sindicato para que possam contribuir com suas ideias e experiências na luta pela igualdade de gênero e melhores condições na área de tecnologia da informação.


banner filie-se
Compartilhe

WhatsApp
LEIA TAMBÉM
Colonia PCDs vagas


PESQUISAR BENEFÍCIO

Área ou segmento


Tipo

Categoria

Cidade

BUSCAR


View this profile on Instagram

Sindpd (@sindpdsp) Instagram photos and videos



MAIS ACESSADAS
Clausula 53 Benefícios - Resumo reduz