Notícias
Notícias
WhatsApp
11 de Maio de 2023
Tamanho da letra Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir
'Sindicato não serve para nada!', se você já ouviu seu chefe falar esta frase, saiba que você foi vítima de prática antissindical
As práticas antissindicais são atitudes adotadas por empresas com o intuito de impedir ou dificultar a organização de seus funcionários em sindicatos



"Você já entregou a Carta de Oposição?", "Você vai contribuir com o sindicato?", "A empresa vai reembolsar o seu Uber para entregar a cartinha". Com certeza você já ouviu alguma destas frases. Isso é prática antissindical, e prática antissindical é crime!

As práticas antissindicais são atitudes adotadas por empresas com o intuito de impedir ou dificultar a organização de seus funcionários em sindicatos. Essas práticas podem se manifestar de diversas formas, como o incentivo à carta de oposição à contribuição assistencial com o uso de ônibus, o reembolso do Uber ou o dia de folga para se opor às contribuições do sindicato, coagir ou ameaçar trabalhador por se filiar ao Sindpd, cartas de oposição eletrônica de forma indevida, impedir trabalhador de participar da assembleia sindical entre outras medidas que as empresas incentivam.

No contexto da área de Tecnologia da Informação (TI), é cada vez mais comum que empresas adotem tais práticas. Porém, é importante lembrar que essas atitudes são ilegais e vão contra os direitos trabalhistas garantidos pela legislação brasileira.

O incentivo à carta de oposição à contribuição assistencial é uma prática comum em empresas de TI, que consiste na sugestão ou até mesmo na pressão exercida sobre os funcionários para que estes se oponham ao pagamento da contribuição assistencial, que é destinada ao sindicato da categoria.

Além dessas práticas, algumas empresas de TI também têm histórico de oferecer dias de folga, prêmios ou outros incentivos para aqueles que não aderem ao sindicato da categoria, além de pressionar os trabalhadores a não participar do Sindicato ou até mesmo de grupos no Whatsapp. Essas medidas também são consideradas antissindicais, pois têm como objetivo desestimular a participação sindical dos trabalhadores.

As práticas antissindicais adotadas por empresas de TI têm como principal motivação o interesse em evitar a organização e a luta dos trabalhadores por seus direitos. Ao impedir ou dificultar a sindicalização, as empresas conseguem manter o controle sobre a relação de trabalho, estabelecendo condições desfavoráveis para os funcionários. Além disso, a falta de sindicalização enfraquece a luta coletiva dos trabalhadores por melhores salários, condições de trabalho e direitos trabalhistas, permitindo que as empresas imponham condições cada vez mais precárias aos seus funcionários.

Por isso, é importante que os funcionários estejam cientes de seus direitos e denunciem essas práticas sempre que possível, garantindo o respeito às leis trabalhistas e a defesa de seus interesses.

Se você for alvo de alguma dessas situações, denuncie para nós em [email protected] ou pelo WhatsApp (11) 99989-1023


banner filie-se
Compartilhe

WhatsApp
LEIA TAMBÉM
Colonia PCDs vagas


PESQUISAR BENEFÍCIO

Área ou segmento


Tipo

Categoria

Cidade

BUSCAR


View this profile on Instagram

Sindpd (@sindpdsp) Instagram photos and videos



MAIS ACESSADAS
Clausula 53 Benefícios - Resumo reduz