Notícias
Campanha Salarial
02 de Outubro de 2019
Tamanho da letra Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir
Derrotados e obrigados a manter Convenção Coletiva, patrões atacam manutenção financeira do Sindicato
Empresas atacam a sustentação financeira do Sindpd após Dissídio Coletivo garantir 90 dias de estabilidade



Forçados a engolir a manutenção da Convenção Coletiva conquistada no Dissídio instaurado no TRT de São Paulo, que prevê a jornada de trabalho de 40 horas, Vale Refeição, auxílio creche, PLR, participação no auxílio saúde, estabilidade de 90 dias, entre outros benefícios, as maiores empresas de TI organizadas na Brasscom (Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação) foram ao Supremo Tribunal Federal (STF) para atacar a sobrevivência financeira do Sindpd.

Alegando "defender" os seus funcionários contra as contribuições sindicais, a Brasscom ingressou com pedido de liminar para impedir que suas associadas sejam obrigadas a cumprir as cláusulas que determinam a contribuição dos beneficiados (trabalhadores) pelo Dissidio Coletivo que não exerceram o direito de se opor à contribuição destinada a sustentar a luta contra a redução de direitos e salários.

Essa dicotomia não é nova. Mas se tratando das empresas associadas à Brasscom já é normal, pois uma parcela de empresas de TI que lá estão já usam subterfúgios ilegais ou manobras jurídicas para não cumprir os direitos dos trabalhadores de TI, a exemplo da IBM, Accenture, Uber, entre outras.

A IBM, por exemplo, empresa de TI, se diz empresa do comércio para obrigar seus funcionários a trabalharem 44 horas semanais.

Inclusive, os trabalhadores da IBM organizaram uma petição pública (https://peticaopublica.com.br/pview.aspx?pi=sindibm) para que se cumpra a lei e possam ter acesso a CCT conquistada pelo Sindpd.

Também estão alicerçados na Brasscom empresas altamente predadoras, não só com relação ao descumprimento de obrigações, como a abertura de negociação e pagamento de PLR a seus funcionários, como também na própria concorrência de mercado.

Para o associado e para os demais trabalhadores de TI que contribuem com o seu sindicato, sabendo que este é o único capaz de fazer com essas empresas cumpram e não consigam destruir a nossa Convenção Coletiva, fica o alerta e o chamado para que todos os trabalhadores contribuam para a defesa dos seus direitos.

Veja mais:

Qual o interesse das empresas de TI em estimular a entrega de carta de oposição às contribuições do Sindicato?







Compartilhe

LEIA TAMBÉM

Conheça o Sindpd Digital
O Sindpd está no Instagram
Colônia de Férias
PESQUISAR BENEFÍCIO

Área ou segmento


Tipo

Categoria

Cidade



Buscar
Reservas de colônias


NOTÍCIAS MAIS...


Últimas do Convergência Digital


Últimas do IDG NOW

Sindpd com VC: Associe-se ao Sindpd e conheça todos os benefícios
Facebook do Neto

Zap Neto
Zap Neto

CSB Zap
CSB Zap
Homenagens - mulher
Homenagens - 75

HOMENAGENS
HOMENAGENS

FGTS
FGTS