Notícias
Notícias
25 de Maio de 2021
Tamanho da letra Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir
Produtores de cacau no sul da Bahia adotam blockchain para rastrear a produção e querem ser referência mundial
Produtores lançam iniciativa para digitalizar a produção com blockchain e transformar região em referência mundial.



Os produtores rurais que trabalham no sul do estado da Bahia estão adotando a tecnologia blockchain para rastrear e certificar a produção, conforme noticiou o portal Notícias Agrícolas.

O grupo formado por IG Sul da Bahia, Cooperativas Associadas (entre elas Cooperativa de Serviços Sustentáveis da Bahia- COOPESSBA, Cooperativa de Pequenos Produtores de Cacau, Mandioca e Banana do Centro da Região Cacaueira - COOPERCENTROSUL, Cooperativa da Agricultura Familiar e Economia Solidária da Bacia do Rio Salgado e Adjacências- COOPFESBA) e o Centro de Inovação do Cacau-CIC são as entidades que participam da iniciativa.

Com apoio do Governo do Estado da Bahia, o programa Bahia Produtiva/SDR-CAR busca levar mais qualificação também aos produtores.

A IG Sul da Bahia também instituiu um regulamento para padronizar a produção de cacau no país, e agora vai rastrear a produção com a tecnologia blockchain através de uma parceria com a Bleu Empreendimentos Digitais.

Os produtores vão poder acessar a plataforma blockchain em breve, quando ela será lançada na Google Play Store. Cristiano Sant'ana, diretor-executivo da IG, diz no texto:

"A parceria inédita da Associação Cacau Sul da Bahia a Bleu Empreendimentos Digitais proporcionará a transparência na relação com o consumidor que está cada vez mais ativo na busca por informações sobre a origem dos alimentos que consome".

Ele também diz que o objetivo é "transformar a Região Sul da Bahia em referência nacional e internacional em cacau de qualidade superior".

Outra executiva envolvida no empreendimento, Adriana Reis, gerente de qualidade do Centro de Inovação do Cacau, destaca:

"Esse sistema garante a rastreabilidade de cada lote registrado e a comprovação da origem. A indicação Geográfica tem um compromisso com a responsabilidade, a transparência, a segurança e a qualidade. Esses são os pontos chaves dessa tecnologia, que garante um produto saudável, oriundo de uma região de grande relevância ambiental, que cumpre seu papel com a legislação, respeita as questões trabalhistas e sociais. Temos muito o que avançar, mas estamos assumindo a vanguarda de um processo inovador e que agrega valor à cadeia produtiva do cacau e do chocolate e permite acesso a novos mercados".

Como noticiou o Cointelegraph Brasil, o governo da Bahia lançou uma outra iniciativa para a produção de cacau em blockchain em fevereiro de 2020, destinando recursos para os produtores investirem na digitalização da produção.




Fonte: Cointelegraph Brasil




Compartilhe

LEIA TAMBÉM

ADESAO
ADESAO 50
Crédito Simulado Paketá
PESQUISAR BENEFÍCIO

Área ou segmento


Tipo

Categoria

Cidade



Buscar


NOTÍCIAS MAIS...

Sindpd com VC: Associe-se ao Sindpd e conheça todos os benefícios

Últimas do Convergência Digital


Últimas do IDG NOW

Conheça o Sindpd Digital
Facebook do Neto

Zap Neto
Zap Neto

CSB Zap
CSB Zap
O Sindpd está no Instagram
Homenagens - mulher
Homenagens - 75

HOMENAGENS
HOMENAGENS

FGTS
FGTS