Notícias
Notícias
04 de Novembro de 2021
Tamanho da letra Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir
Trabalhadores da Oracle aprovam ACT inédito para 2020/21
A proposta de acordo coletivo apresentada foi aprovada por 99% dos cerca de mil funcionários presentes na assembleia virtual.



No início da tarde desta quarta-feira (03) o Sindpd junto aos trabalhadores da empresa Oracle, especializada no desenvolvimento e comercialização de hardwares, softwares e bancos de dados, aprovaram um acordo coletivo de trabalho inédito para os trabalhadores da empresa no Brasil. A proposta apresentada foi aprovada por 99% dos cerca de mil funcionários presentes na assembleia virtual.

"Vemos o dia de hoje como uma grande vitória já que poderemos tratar do pagamento dos dissídios de 2020 e 2021, além da manutenção de diversas conquistas e benefício dos trabalhadores." afirmou a Diretora do SINDPD, Sue Ellen Thomasini Naka, responsável pelas negociações com a empresa.

Também participaram da reunião o Vice-Presidente do Sindpd, João Antonio Nunes e o Presidente do sindicato, Antonio Neto.

João destacou o avanço que este acordo representa para as relações entre o sindicato, a empresa e os seus trabalhadores.

"Há 14 anos celebramos acordos de PLR junto à Oracle, mas pela primeira vez vamos ter a oportunidade de definir um Acordo Coletivo de Trabalho com os funcionários da empresa" afirmou.

Dentre os pontos de destaque do acordo alcançado estão o pagamento dos valores corrigidos pelos dissídios coletivos da categoria de 2020 e 2021 e uma cláusula especial que prevê o repasse de 8% do valor referente ao recolhimento mensal do FGTS nesse período.

Veja abaixo como ficam os principais pontos do acordo coletivo de trabalho:




  • Data base (Jan/2020) - reajuste de 4.48% sobre salário de Jan/2019
  • Data base (Jan/2021) - reajuste de 5,45% sobre salário de Jan/2020
  • Manutenção de todas as cláusulas de benefícios anteriores como auxílio creche, auxílio filhos excepcionais, etc.
  • Funcionários que tiveram aumentos salariais individuais durante 2020 e 2021 terão os valores dos respectivos aumentos somados aos salários ajustados com as percentagens acima.



"Fazendo esse acordo junto de uma empresa parceira como a Oracle, nós estamos quebrando um paradigma para ambos os lados. O dieese divulgou recentemente que a maior parte dos sindicatos vêm fechando acordos com reajustes abaixo da inflação e com retiradas de conquistas históricas para seus trabalhadores, com a estratégia que adotamos de insistir e resistir aqui no SINDPD, não perdemos nenhuma cláusula para nossa categoria e vencemos os dissídios com reajuste pela inflação." destacou Antonio Neto, presidente do SINDPD.




Ficou alguma dúvida? O Sindpd está pronto para atendê-lo, clique aqui e fale conosco pelo whatsapp


Compartilhe

LEIA TAMBÉM