Notícias
Convenções
WhatsApp
10 de Abril de 2023
Tamanho da letra Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir
Após conciliação no TRT, trabalhadores aceitam proposta e paralisam greve na Qintess
Proposta intermediada pelo Sindpd foi aceita pela Qintess após greve nesta segunda-feira (10) que chegou a paralisar a totalidade dos trabalhadores em diversos pontos da prestação de serviços da empresa como TRT, Caixa e Natura, entre outros



Em assembleia realizada na noite desta segunda-feira (10), os trabalhadores da Qintess aprovaram, por 83,5% dos votos, a proposta apresentada pela empresa em audiência de conciliação mediada pelo TRT da 2ª Região. A decisão congela a paralização e mantém os trabalhadores em "estado de greve".

A empresa é responsável pela prestação de serviços em TI para importantes empresas do país como Citibank, BMG, Liberty, Goldman Sachs, Raizen, IBM, Banco Santander, Banco Pan, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e Natura, entre outras.

O litígio com o Sindpd começou após a constatação e consequentes denúncias de diversos trabalhadores que relataram o não cumprimento da obrigação de diversos direitos trabalhistas. Entre eles, atraso salarial, retenção do FGTS, não pagamento de banco de horas, férias, vale-refeição, denúncias de assédio, entre outros.

O presidente do Sindpd, Antonio Neto, parabenizou os trabalhadores pela mobilização e reafirmou o papel das instituições na resolução do impasse: "O instrumento constitucional da greve mostrou o tamanho da força dos trabalhadores na negociação. Parabenizo todos os trabalhadores da Qintess pela organização e maciça adesão desde o início das tratativas com a empresa."




RESULTADO DA GREVE

Após o aceite pela Qintess, os trabalhadores decidiram suspender a deflagração do movimento grevista iniciado no dia 10/04/2023, com o retorno dos trabalhadores às suas atividades laborais, a partir do dia 11/04/2023, permanecendo em "estado de greve".

A vitória dos trabalhadores (veja as cláusulas negociadas abaixo) foi conquistada ainda nesta segunda-feira após realização da greve que chegou a paralisar milhares de trabalhadores em diversos postos de trabalho no estado.

Entre as conquistas dos trabalhadores da Qintess estão:

  • Auxílio home-office de R$110,00 por mês + vale-refeição e vale-alimentação
  • Cumprimento do pagamento retroativo dos reajustes de auxílios-creche, alimentação, transporte, reembolso quilometragem e férias
  • Quitação do banco de horas
  • Quitação das verbas rescisórias (incluindo banco de horas e horas extra)
  • Estabilidade de 40 dias
  • Abertura de negociação da PLR para o ano de 2023



Em anexo a ata das cláusulas do dissídio coletivo após a greve




Termo de Audiência - Dissídio Coletivo de Greve


banner filie-se
Compartilhe

WhatsApp
LEIA TAMBÉM
Colonia PCDs vagas


PESQUISAR BENEFÍCIO

Área ou segmento


Tipo

Categoria

Cidade

BUSCAR


View this profile on Instagram

Sindpd (@sindpdsp) Instagram photos and videos



MAIS ACESSADAS
Clausula 53 Benefícios - Resumo reduz