Notícias
Notícias
16 de Dezembro de 2020
Tamanho da letra Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir
Trabalhadores da BBTS estão tendo seu direito à greve desrespeitado
Os profissionais que sofreram algum assédio por parte da empresa poderão registrar e denunciar



A paralisação deflagrada na Banco do Brasil Tecnologia e Serviços (BBTS) está sofrendo ataques que atentam contra o constitucional direito à greve.


Os assédios estão sendo direcionados aos trabalhadores na intenção de coagir à não participação dos funcionários na luta por um reajuste salarial justo.


De acordo com Organizador no Local de Trabalho (OLT) Enver Padovezzi, a melhor alternativa aos profissionais é registrar e denunciar os assédios. "Toda prática de assédio que está ocorrendo, desde a aprovação da greve até agora e praticada por qualquer gestor que seja, deve ser denunciada. Eu estou recebendo as denúncias e estamos tratando do assunto." Dessa forma, Enver ressalta que os nomes desses gestores serão levados ao conhecimento da empresa, que será questionada sobre tais condutas.


O OLT também alertou sobre possíveis mentiras que venham a ser contadas a fim de intimidas os trabalhadores. "Existem gestores entrando em contato com trabalhadores e alegando que não faz sentido entrar em greve pois a questão está sendo resolvida juridicamente. Na verdade, não existe nenhum processo acontecendo". Assim, a melhor forma de proceder é, também, denunciar. "Quando o gestor mentir para vocês, peça para ele mandar as alegações por email, depois encaminhe esse email para a apuração do sindicato", ressaltou, Enver.

Compartilhe

LEIA TAMBÉM

ADESAO
ADESAO 50
Crédito Simulado Paketá
PESQUISAR BENEFÍCIO

Área ou segmento


Tipo

Categoria

Cidade



Buscar


NOTÍCIAS MAIS...

Sindpd com VC: Associe-se ao Sindpd e conheça todos os benefícios

Últimas do Convergência Digital


Últimas do IDG NOW

Conheça o Sindpd Digital
Facebook do Neto

Zap Neto
Zap Neto

CSB Zap
CSB Zap
O Sindpd está no Instagram
Homenagens - mulher
Homenagens - 75

HOMENAGENS
HOMENAGENS

FGTS
FGTS